“O que sinto eu não ajo. O que ajo não penso. O que penso não sinto. Do que sei sou ignorante. Do que sinto não ignoro. Não me entendo e ajo como se me entendesse.”
Clarice Lispector

Tuanne, 15 anos, Brasil.
theme por umapequenapoeta, dtls negatividade e nostalgia-surreal.
1 2 3
“Filho, se tem uma coisa que eu sei nessa vida, é que algumas pessoas nesse mundo você só consegue amar e amar e amar, não importa o que aconteça.”
O Teorema de Katherine   (via porredesaudade)

Tem gente que consegue ser tão verdadeira em ser falsa


  • — Psiu.
  • — Fala.
  • — Para com isso…
  • — Parar com isso o que?
  • — De ser tão fria comigo.
  • — Não estou sendo fria.
  • — Tá sim.
  • — Não tô não.
  • — Tá bom, não está. Mas você mudou.
  • — Não mudei.
  • — Mudou.
  • — Não, não mudei. Quem mudou aqui foi você.
  • — Eu? Continuo sendo o mesmo.
  • — Aham.
  • — Olha lá.
  • — O que?
  • — Tá sendo fria de novo.
  • — Não estou sendo fria, só não quero discutir com você.
  • — Você tá distante de mim, você tá me evitando.
  • — Prefiro assim.
  • — Mas o que foi que eu fiz?
  • — Nada.
  • — Nada…
  • — Tudo bem, o único problema aqui sou eu. Você não tem nada a ver.
  • — Para de ser modesta. Depois que a gente terminou, você mudou.
  • — Se fosse só eu… Mas foi eu e você, nós mudamos.
  • (Silêncio)
  • — Mô?
  • — Oi?
  • — Mô?
  • — Fala.
  • — Tá vendo?
  • — O que?
  • — Você não nega ainda ser o meu amor.
  • — E daí?
  • — Não precisa ficar vermelha.
  • — Não tô vermelha.
  • — Tá sim, cada vez mais.
  • — Cala a boca.
  • — Você tá linda assim.
  • — Cala a boca!
  • — Sinto sua falta.
  • — Mandei calar a boca.
  • — Mas…
  • — Quieto! Também sinto sua falta.
  • — Mô?
  • — O que?
  • — Posso falar?
  • — Já tá falando…
  • — Volta pra mim?
  • — Mas eu nunca fui embora.

Tem coisa que só o palavrão traduz.


a-proxima-pagina:

Aproveita a vida, preste atenção no que te faz bem, e se faça sentir bem, você é o responsável pela sua felicidade e mais ninguém.


palavraspararomeu:

Amor é sem preconceito, mas nem todos têm. A maioria daqueles que não têm é porque perderam, acharam que havia algo melhor para eles. Pensaram que havia algo melhor para se ter do que o amor. Para mim, estavam errados. Amor machuca? Sim. Mas amor nos dá lembrança que nunca queremos esquecer. Nos dá felicidade. Coisa que não é de se jogar fora é o amor. Porque nunca sabemos quando precisaremos de alguém que nos ama para nos ajudar, até nos salvar. E na hora em que esse momento chegar, se o amor for verdadeiro, esse alguém vai ficar ao seu lado. E no final é tudo o que nos resta. O amor. As alegrias que ele nos trás. São essas as coisas que levamos para a vida toda.


“Eu só acho que tem gente que tem parar de me mexer com o que é meu.”
— (via a-proxima-pagina)

QUEM TA GORDO REBLOGA.



Dói ver você online e não vindo falar comigo.